segunda-feira, 24 de novembro de 2008

HAPPY NEW YEAR


Fica ficando nessa bagunça de nada com nada, tudo com tudo, mais ou menos com sei lá.


E você já não sabe se quer tudo ou mais ou menos ou coisa nenhuma.
Sei, o que te acalma é essa brisa que vem de longe somente para atingir o teu olfato, teu paladar, eriçar teus pêlos, fazê-la sorrir. Você fica ai querendo viver por osmose daquilo que está longe e atropela todos sem ver ninguém.


Sei, você respira, absorve e veste o cheiro de mato, de pirâmides, de infinito.
Esse vestido coberto de estrelas é tão belo e solitário.


Posso vê-la passar por minha rua cercada de abelhas.
Mil? Duas mil?
Quantas ABELHAS protegem você?


Vejo que procura algo o tempo todo, todo o tempo, atrás dos arbustos, embaixo das pedras, em tipos estranhos como nós. Às vezes sabe o que é e às vezes não, um dia esquece, no outro desiste e no próximo recomeça da parte em que acredita ter parado. Mas a certeza nunca existe, para ninguém, para nada.


Sei, acima de tudo você segue, em frente, para o lado, em diagonal, como lhe convir, sem parar, porque o mundo não para, o bonde não espera, e DERREPENTE NÃO MAIS QUE DERREPENTE é fim do ano de novo e mais um temporada se foi.
.
.
imagem: Naoto Hattori

5 comentários:

Pablo Petro disse...

olha soh esses dias entrei numa onda maluca de ver a fotos da infancia e meio q dizia "caralho, o q vc fez com esse moleque inocente". ehheehe
mas isso eh muito Nick Hornby, sabe o do Alta Fidelidade... eh uma merda mas o final de ano me angustia. abraço

Mulheres de Atenas disse...

No final do ano eu sempre me pego contando os dias para o Natal. Férias, descanso, pausa para o recomeço.
Não sei oq seria de mim se não houvesse a divisão do ano em meses e ao final do décimo segundo, tudo acabaria e recomeçaria. Viveria por osmose eternamente, acho.

mulheresdeathenas.blogspot.com

Anônimo disse...

chega a ser anormal
a correria infernal
um pé no natal
e outro no carnaval
meu deus, como tudo é
tao banal!!!!

abs e fekiz natal!

gabriel
estudiopinel.com

Nehlito disse...

Mirem-se no exemplo, Siguilita mais travessa que uma piriquita, saudades enormes de tão doce Marguerita, rimas sem sentido do pra rimar com aquele que "nóis pita". uhauahua

Se cuide na sua jornada, por favor e lembre que aguardo sua chegada aqui em terra firme maruja.

Um beijo enorme e carinhoso.

"-algo varios sentidos"como:... disse...

1 abelha e um zumbido de HD carregado de ano passado e coisas que seila tanto faz e no fim dos 12 sempre tem 1 mais um ano de um tudo com nada de cerveja gelada e vontade de picanha assada enfia o dedo no ventilador pra ver se doi mais de tudo nada é perdido no fundo no fundo a um tremido que muda coisas de lugar risos e que tudo aconteça dinheiro apareça assim num piscar de luz/olhos